Garry Kasparov perdeu ontem o terceiro de uma série de jogos de campeonato de xadrez realizados contra o supercomputador Deep Blue ao cometer um erro que lhe foi fatal, noticiou a agência Associated Press.



O famoso jogador de xadrez sacrificou um peão, uma das suas peças menos poderosas, na tentativa de fortalecer a sua posição. Mas essa decisão deixou-o vulnerável e permitiu que a máquina tirasse partido do erro. Vislumbrando poucas hipóteses, Kasparov concedeu a derrota.



A série de seis jogos está dividida em sessões de 1 jogo e meio cada. No Domingo passado, Kasparov ganhou o primeiro jogo. O segundo, realizado na terça-feira, resultou num empate. O próximo jogo terá lugar amanhã. Kasparov, de 39 anos, afirmou que por vezes se cansa durante os jogos, que podem durar durante horas, ao passo que o computador está sempre operacional.



O jogo está a ser monitorizado pela Federação Mundial de Xadrez, que irá pagar 500 mil dólares a Kasparov e ainda outros 300 mil dólares caso vença o Deep Junior, que não perdeu um jogo contra um humano nos últimos dois anos.



Os jogos podem ser acompanhados em directo a partir do site da Web da X3D Technologies, um dos patrocinadores do evento. Garry Kasparoc foi derrotado pelo supercomputador Deep Blue da IBM em 1997. Contudo, o jogador afirma que o computador poderá ter recebido ajudas de humanos.


Notícias Relacionadas:

2000-08-29 - Deep Blue atinge estatuto de celebridade

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.