No arranque do próximo ano lectivo sénior já estarão disponíveis os primeiros portáteis desenvolvidos no âmbito de uma parceria entre RUTIS, Microsoft, Inforlândia e JP Sá Couto.

Estes Insys serão adaptados às especificidades de um público sénior e vão incorporar um teclado e ecrã maiores que o normal. Vão ter caracteres bem visíveis, sem esquecer a função de mobilidade, também garantida pelo baixo peso, como explicou ao TeK uma responsável da Inforlândia

Na calha estão dois modelos o Insys 8761S SV com ecrã de 15,5 polegadas e 2,5 quilos de peso e o Insys 9771S SV com ecrã de 17 polegadas e cerca de 3 quilos de peso. Ambos os modelos terão seis células de bateria, módulo 3G integrado, WiFi e chegarão ao utilizador sem bloqueio a nenhuma das três redes móveis. Ao nível das caracteristicas técnicas destaque para o processador Intel de 2 GHz, disco de 320 Gb e memória DDR de 2 Gb. O software é Windows Vista.

Setembro foi a data apontada por Luís Jacob, director da Rede para as Universidades de Terceira Idade (RUTIS) ontem, num evento público para que estes computadores comecem a chegar aos alunos destes programas de formação e ocupação de tempos livres, mas a Inforlândia acrescenta que há a intenção de antecipar a data de lançamento e que se for possível os computadores estarão disponíveis ainda antes de Setembro.

Os portáteis seniores deverão custar à volta de 500 euros quando forem lançados deverão também estar disponíveis soluções de financiamento que facilitem o acesso ao equipamento, a condições mais vantajosas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.