Reconhecendo que, para a maior parte dos utilizadores já não existe utilidade no recurso a essa tecnologia, a Dell pretende deixar de incluir drives de disquetes nos seus computadores desktop já a partir do próximo mês, passando a disponibilizar este suporte apenas como opção, informou a Associated Press.



Seguindo o mesmo caminho que os discos de vinil ou as cassetes de oito pistas, as drives de disquete estão a tornar-se lentamente obsoletas, dado que os novos dispositivos de armazenamento de informação podem guardar muitos mais dados a um preço competitivo.



Alguns analistas prevêem que outras grandes fabricantes venham a tomar a mesma decisão nos próximos 12 meses. Na sua opinião, os dispositivos de plástico com as dimensões de três polegadas e meia capazes de armazenar 1,44 Megabytes de informação perderam o seu interesse para muitas pessoas que evoluíram para tecnologias mais recentes e com uma maior capacidade.



As disquetes perderam a sua função essencial de meio de distribuição de software, sendo agora os CD-ROMs e a Internet a desempenhar essa tarefa. Por outro lado, muitos utilizadores consideram que uma disquete com capacidade de apenas 1,44 Megabytes é muito pouco para guardar imagens, ficheiros de MP3 ou arquivos de email.



Ao longo do tempo, os CDs regraváveis, as unidades ZIP e os discos rígidos portáteis - sobretudo os dispositivos de memória flash do tamanho de um porta-chaves - têm vindo a estabelecer-se como mais úteis. Uma drive de memória flash com ligação à porta da USB e fabricada pela própria Dell será oferecido inicialmente como padrão no modelo topo de gama da linha Dimension.



A empresa pretende disponibilizá-lo em todos os seus computadores desktop, dependendo da resposta dos consumidores. As drives USB do tamanho de um porta-chaves irão custar o mesmo que as drives de disquetes. Actualmente, a Dell já não integra drives de disquetes em computadores portáteis comuns. A Apple foi a primeira grande fabricante a deixar de incluir drives de disquetes nos seus computadores, há cinco anos atrás. Outras, como a Hewlett-Packard, continuam a oferecer esse suporte em PCs desktop.



Notícias Relacionadas:

2002-05-13 - AMD desenvolve novo dispositivo de memória Flash baseada na arquitectura MirrorBit

2002-01-09 - Cruzer é a nova estrela de armazenamento portátil com cartões de memória flash

Dossier: A guerra santa da memória

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.