Os cursos de Engenharia Civil, Engenharia Informática e de Computadores e Engenharia Electrotécnica e de Computadores do Instituto Superior Técnico têm os melhores níveis de empregabilidade em Portugal, adianta uma notícia do Diário de Notícias com base em dados do Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais (GPEARI) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

A análise baseia-se em dados de Junho deste ano do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, tendo em conta os desempregados que terminaram cursos superiores entre 2004/2005 e 2006/2007.

A directora do Gabinete do MCTES afirma ao DN que não há instituições de ensino superior que garantem mais sucesso, apesar da aparente hegemonia do Instituto Superior Técnico. "O que nos dizem os números é que a relação entre a instituição e a oferta, o chamado par estabelecimento/curso, é o mais importante", explica Maria João Rosa ao mesmo jornal.

No fundo da tabela da empregabilidade surgem os cursos de engenharia Biotecnológica e Química, ambos do Instituto Politécnico de Bragança, assim como o Jornalismo e Comunicação do Politécnico de Portalegre.

O facto das engenharias ligadas à Informática e Computadores surgirem entre os cursos com mais saidas profissionais pode também estar ligado ao facto de várias entidades terem vindo a alertar para o défice que existe neste mercado, entre os quais a ANETIE que no ano passado apontava a falta de mil jovens formados em cada ano.

Ainda em Setembro o ministro Mariano Gago confirmou que o Governo estava a estudar a requalificação de licenciados para combater falta de recursos nas TIC.

Apesar do desemprego entre os jovens, a posse de um diploma continua a ser a melhor opção de emprego. Os vários indicadores nacionais e internacionais indicam que os diplomados ganham melhor e têm 10% dos índices de desempego dos restantes trabalhadores.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.