Até domingo, a primeira iniciativa do Movimento Código Portugal vai encher o Pavilhão do Conhecimento com workshops, conferências, espetáculos e outras atividades que visam promover a programação e mostrar aos mais jovens que a linguagem dos “zeros e uns” também pode ser divertida.

Os participantes podem aprender a criar as suas próprias aplicações, a controlar robots ou até mesmo microssatélites. A participação nestas atividades é gratuita.

O Movimento é um programa criado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, pelo Ministério da Educação e pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. O objetivo é levar as pessoas – miúdos e graúdos – a refletirem sobre a importância do desenvolvimento das competências na área informática, numa altura em que o mundo é cada vez mais digital e que o mercado de trabalho procura avidamente estas valências.

O Governo avança que este programa tem também como finalidade trazer para o universo da programação instituições de ensino de todos os níveis, centros de investigação e toda a sociedade civil e democratizar o acesso à programação.

A estreia do Movimento Código Portugal, que decorre no âmbito da Semana Mundial das Ciências da Computação, conta com o apoio do Centro Ciência Viva, da Direção Geral de Educação, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade NOVA de Lisboa e do Instituto Superior Técnico.

Ainda nesta semana votada à programação, acontece também a Hora do Código, promovida pela Associação Nacional dos Professores de Informática (ANPRI).

Entre as 20h00 desta segunda-feira e as 23h00 de dia 11 de dezembro, paralelamente às atividades do Movimento Código Portugal, grupos de alunos de todo o país podem aprender a codificar de forma simples e lúdica, através das plataformas codemove.pt e code.org.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.