Durante o seu evento anual Brainshare a Novell realizou um estudo onde pretendeu apurar os benefícios da adopção de infra-estruturas mistas nas empresas. De acordo com a empresa, mais de 69 por cento dos inquiridos trabalham actualmente com Linux em ambientes mistos e apontam a flexibilidade como o principal benefício obtido nestes cenários.



A empresa tem vindo a comprovar que existe um crescimento de ambientes heterogéneos nas empresas, onde o software proprietário aparece ao lado de aplicações e sistemas abertos. Segundo o estudo, nove em cada dez inquiridos pretendem utilizar o Linux, sendo que 47 por cento planeia implementar soluções de código aberto nos próximos seis meses.



Combinado o software proprietário com aplicações e sistemas de código aberto as empresas ganham mais flexibilidade, responderam 61 por cento dos inquiridos, enquanto podem aumentar o investimento existente em TI ao mesmo tempo que implementam novas soluções, adiantam 52 por cento.



"Comprova-se que os clientes estão a realizar uma aproximação pragmática ao Linux. O crescimento contínuo no mercado dos servidores mostra que as empresas estão actualmente a apostar em projectos de renovação da sua infra-estrutura de centros de dados e para tal, necessitam de avaliar todas as opções", afirma Chris Ingle, Consultor de Grupo da IDC, citado pela Novell.



O estudo foi realizado entre os participantes do BrainShare Barcelona 2005, através de um inquérito online, contando com a participação de 160 profissionais, entre parceiros da Novell e clientes de 18 países de Europa.

Notícias Relacionadas:

2005-03-22 - Novell anuncia suite Linux para PMEs

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.