O Facebook está decidido a assegurar o seu domínio a também no mercado móvel e as últimas movimentações da rede social são prova disso. A confirmarem-se as informações q avançadas por blogs e imprensa internacional especializada, há pelo menos três novidades na calha, destinadas a sedimentar a presença do serviço entre os dispositivos móveis.

A mais impressionante será provavelmente a notícia de que o serviço prepara o lançamento da sua própria loja de aplicações Web, baseadas em HTML5 e acessíveis a partir do browser dos telefones.

A informação é veiculada pelo TechCrunch, onde se lê que, embora "o Facebook nunca o vá admitir", fontes com conhecimento do projecto dizem ser "óbvio" que o objectivo é contornar o restrito controlo que a Apple tem sobre a distribuição de aplicações móveis para os seus equipamentos através da AppStore.

Alegadamente, as aplicações serão pagas com recurso ao sistema de Créditos do Facebook, que será actualizado para a plataforma.

O repórter do blog que assina o artigo, MG Seigler, afirma ter visto a plataforma com os seus próprios olhos, acrescentando que esta estará a ser desenvolvida há, pelo menos, alguns meses e que 80 ou mais programadores externos estarão a trabalhar para criar aplicações para a loja. Entre os terceiros estarão nomes de peso, como o Huffington Post e a Zynga, que criou o Farmville e outros sucessos da rede social.

A novidade surge numa altura em que a Apple anunciou que o iOS 5 - prometido para o Outono - vai oferecer uma "profunda integração" com o Twitter.

Outra das novidades é a chegada da aplicação oficial do Facebook para iPad, que tira partido das especificidades do tablet - como o seu ecrã táctil de dimensões mais generosas - sendo esperadas também reformulações das funcionalidades de Chat e Grupos. Poderá também se incluída uma funcionalidade que tira partido da câmara do dispositivo para fazer o upload directo de fotos e vídeos.

Segundo a imprensa internacional, a aplicação (gratuita) nativa será revelada "nas próximas semanas", dando por fim resposta aos "anseios" revelados quando o iPad foi lançado, há cerca de um ano.

Ainda em matéria de aplicações para dispositivos da Apple, o TechCrunch mostrou ontem de manhã aquilo que apresentou como as primeiras imagens de uma nova e "secreta" aplicação do Facebook para o iPhone - alegadamente vocacionada para a partilha de fotos, mas que também pode revelar-se uma total reestruturação da aplicação à data disponível para o dispositivo.

Nota da Redacção: A notícia foi alterada para clarificar o alegado objectivo do Facebook na criação de uma loja de aplicações própria, seguindo a sugestão de um dos nossos leitores.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.