Parte da tecnologia em que bancos, sites de comércio electrónico e instituições financeiras assentam para garantir a segurança das transacções feitas através da Internet apresenta uma vulnerabilidade grave.




O aviso é feito por um grupo de investigadores que durante uma conferência do Chaos Computer Club, em Berlim, mostrou como é possível violar os certificados de segurança usados pelos chamados sites seguros, passando pelos métodos de verificação integrados nos mais recentes browsers, sem que o utilizador se aperceba do facto, noticia a CNet.




Na sua pesquisa, os investigadores centraram-se na procura de vulnerabilidades numa tecnologia conhecida como Secure Sockets Layer, ou SSL, desenvolvida para certificar a idoneidade de determinados sites, como os bancos ou as lojas online. Esta tecnologia é usada cada vez que um internauta acede a um endereço começado por "https://".




Embora grave, é pouco provável que a falha possa afectar a maioria dos internautas num futuro próximo, já que será necessária muita perícia, conhecimentos técnicos e poder de computação para tirar vantagem da mesma, refere a CNet.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.