A Hisense apresentou a sua nova tecnologia de televisores durante a CES 2021, nomeadamente o Trichroma Laser TV. A empresa pretende redefinir o conceito de cinema em casa com a sua tecnologia de ponta em ecrãs baseados em laser, com a sua nova linha de produtos.

A empresa refere que durante 2020 conseguiu um crescimento de 288% em 17 países no mundo, incluindo os Estados Unidos, México e Austrália, e que três dos seus modelos tiveram o ano todo no Top 10 das mais vendidas. A fabricante conseguiu contrariar a pandemia e cresceu, tendo passado de fornecedora de produtos para um mercado de nicho para o mercado geral. O líder da Hisense, Fisher Yu, referiu mesmo que a empresa introduziu tecnologia no mercado de televisões laser e que as restantes fabricantes foram atrás.

A nova gama Trichroma Laser TV apresenta tecnologia que controla lasers separados para obter cores mais puras no ecrã. A empresa refere uma melhoria de 128% sobre as cores RGB originais. Oferece um aumento de 20% na melhoria do brilho ao nível dos pixéis e 430 nits de brilho. A nova geração de televisões apresenta modelos de diferentes tamanhos, das 75 às 100 polegadas, com capacidade de eliminar a iluminação do ambiente.

A palete de cores chega aos 151% do sistema standard CDI-P3, ou seja, quase 50% mais que qualidade de cinema. A empresa reclama mesmo que a sua tecnologia Trichroma Laser TV encaminha-se para oferecer no futuro experiencias tridimensionais estereoscópicas, indo mesmo mais longe no conceito de projeção holográfica nas salas de estar. Ainda é cedo, faltam muitos anos, mas é para lá que se caminha…

A tecnologia Trichroma Laser TV baseia-se num ecossistema assente em três pilares: tecnologia dos ecrãs, inteligência artificial das coisas (AIOT) e serviços de cloud. Na sua gama de televisões, a Hisense procura oferecer soluções tanto para a família, desde sessões de fitness diretamente da sala, como opções industriais, incluindo monitores profissionais para diferentes soluções.

A Hisense tem um conjunto de tecnologias para as suas novas televisões que incluem um SoC com capacidade de dois ecrãs a 4K a 120 Hz, um processador de 8K a 120 Hz, um chip de voz inteligente AISOC e outro para inteligência artificial. A empresa afirma que estes chips serão aplicados às televisões ULED.

O SAPO TEK está a acompanhar tudo o que de mais importante se passa na CES 2021. Veja aqui todas as novidades e anúncios da maior feira de tecnologia dos Estados Unidos que este ano decorre em modelo totalmente virtual.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.