Em frente ao computador é importante identificar se o utilizador é masculino ou feminino? Investigadores do Centro de Inteligência da Faculdade de Informática da Universidade Politécnica de Madrid desenvolveram um sistema que facilita a identificação em tempo real e que abre caminho a várias aplicações industriais.

O sistema já foi registado pelo Gabinete de patentes espanhol e utiliza um novo algoritmo que permite identificar o género do utilizador através do sinal de vídeo, analisando diferenças no rosto de quem está em frente ao computador.

O equipamento recorre a uma câmara de vídeo que captura imagens digitais e as analisa através de um sistema de processamento de imagens que redimensiona a foto e elimina as interferências, classificando-a de acordo com as variáveis que permitem identificar se se trata de um Homem ou Mulher.

O sistema pode ser usado para medir audiências de televisão e anúncios, recolhendo informação demográfica sobre os espectadores. Segundo os investigadores, a aplicação pode ser alargada a estudos de mercado em centros comerciais, lojas e bancos, ou qualquer outro serviço que recorra a câmaras.

A técnica desenvolvida pode ser aplicada também em equipamentos com baixos recursos computacionais, como telefones ou câmaras inteligentes e mostra que as técnicas lineares são tão eficazes como as vectoriais no reconhecimento do género humano.

De acordo com as conclusões de um estudo publicado, o método linear é mais eficiente na utilização com bases de dados onde existe um número pequeno de imagens.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.