Um conjunto de seis empresas está já a trabalhar no possível sucessor dos novos formatos de vídeo em fase final de normalização, o Blu-ray e o HD-DVD. O HVD, promovido por empresas como a Fuji Photo, permitirá aos utilizadores guardarem um terabyte de dados num único disco óptico.



O número equivale à possibilidade de guardar 200 filmes e obter uma velocidade de transferência de 1 gigabit por segundo, 40 vezes mais que um DVD, planeia o Holographic Versatile Disc (HVD) Alliance.



Os mais recentes standards de vídeo das duas principais correntes em busca de apoios da indústria oferecem um espaço de memória de 25GB ou 50GB em discos de duas camadas, no caso do Blu-ray. O HD-DVD conta com um espaço de 20GB na versão regravável e 15 GB na versão não regravável. O formato DVD permite guardar até 4,7 GB.



O HVD é baseado em tecnologias holográficas desenvolvidas pela empresa japonesa Optware, que também integra o consórcio a trabalhar no desenvolvimento de standards desde Dezembro passado, altura em que formou um comité técnico para este efeito.



De acordo com uma notícia avançada pela C|Net o grupo está simultaneamente a trabalhar em discos com menos capacidade, que deverão estar concluídos mais rapidamente, apontando para uma memória de 200GB nos discos regraváveis e 100GB nos discos apenas de leitura.



Notícias Relacionadas:

2004-11-29 - HD-DVD recolhe apoio de quatro estúdios de Hollywood


2004-10-20 - Primeiros portáteis com HD DVD chegam ao mercado em 2005

2004-08-13 - Primeira versão completa do formato Blu-ray aprovada

2002-11-11 - DVD Forum escolhe especificação para futura geração de DVD

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.