As equipas profissionais TLO e MaNa perderam 10-1 a jogar StarCraft II contra a inteligência artificial DeepMind da Google. O sistema de IA tem sido refinado em torno do jogo de estratégia em tempo real da Blizzard. O “atleta virtual” chama-se AlphaStar e tem feito partidas frente-a-frente com jogadores profissionais de StarCraft II, e só depois de 10 vitórias, em cinco partidas contra cada equipa, é que concedeu a primeira vitória aos jogadores humanos.

O mapa de jogo utilizado chama-se Catalyst, baseado numa versão desatualizada de StarCraft II, tornando-se a ferramenta de investigação da IA. Segundo é explicado no Engadget, o sistema da AlphaStar vê o jogo de uma maneira diferente do jogador normal. É que apesar de estar igualmente limitado pela mecânica de “fog of war”, em que o mapa apenas vai ficando visível à medida que a equipa explora com as suas unidades; a IA observa o mapa na sua totalidade, com a câmara toda afastada. A vantagem é que deteta rapidamente os movimentos dos inimigos, enquanto os jogadores humanos têm de dispersar atenções entre as unidades, a exploração de novas partes do mapa e claro, manter a sua base segura.

Este tipo de confrontos entre Homem contra IA regista dados como a quantidade de movimentos (ou clicks) por minuto que são feitos. Neste caso, teoricamente os jogadores humanos estão limitados fisicamente pela quantidade de movimentos, e a IA não. No entanto, nas partidas o jogador virtual não só executou menos movimentos, como o seu tempo de reação foi menor que os profissionais, em cerca de 350 milissegundos. O que distinguiu a IA foram as suas decisões mais inteligentes e eficientes que os jogadores humanos.

É explicado que o sistema DeepMind é alimentado com repetições das partidas feitas pelos jogadores profissionais no treino das redes neurais. A informação serve para criar jogadores virtuais de IA que competem entre si gerando dados originais, aquilo que foi chamado de AlphaStar League. Esses “jogadores” acabam por assumir especialidades de diferentes partes do jogo. Essa Liga virtual decorre durante uma semana, produzindo informações equivalentes a 200 anos a jogar StarCraft II. No final, é a própria IA que seleciona quais os “jogadores” a defrontar os profissionais humanos…

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.