Aproveitando um encontro com clientes, o CEO da IBM propôs esta semana que os utilizadores individuais fossem chamados a contribuir para aumentar o poder de computação mundial disponível para os trabalhos de investigação na área da saúde, que procuram encontrar respostas para vírus como o HIV.



Sam Palmisano explicou os passos necessários para aceder ao projecto, que a IBM está a desenvolver em parceria com a United Devices, fornecendo o endereço de Internet criado para o efeito.



Nesta morada os utilizadores podem registar de forma segura os seus PCs nesta rede de computação em grelha mundial doando parte da sua capacidade individual de computação para formar um supercomputador virtual.



O mesmo desafio foi colocado aos investigadores que podem usar o World Community Grid para unir esforços, beneficiando de um software que consegue ligar milhões de PCs individuais.



Esta comunidade mundial será em primeiro lugar usada ao serviço do Instituto para os Sistemas de Biologia de Seattle, numa investigação sobre a estrutura das proteínas humanas que pretende encontrar novas curas para doenças como a Malária ou a Tuberculose.



Notícias Relacionadas:

2003-12-12 - IBM apresenta um conjunto de serviços de computação em grelha e autónoma

2003-11-12 - Computação em grelha crescerá 60 por cento nos próximos cinco anos

2002-04-19 - Universidades britânicas inauguram sistema informático em grelha

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.