A Intel e a Philips criaram uma parceria que resultará da comercialização de sistemas de entretenimento doméstico com processadores da fabricante norte-americana. A Intel será responsável pelo fornecimento de um processador, um chipset e o software de um centro de media para a Philips de forma a que os consumidores possam armazenar e recuperar fotos, música e vídeo num único sistema.

O Philips Showline Media Center vai incluir uma placa que permite o visionamento de dois canais de TV ao mesmo tempo, tal como um disco rígido de 250 gigabytes para o armazenamento de música e fotos, e ainda um gravador de DVDs e CDs.

Apesar de os produtos serem muito semelhantes a PCs pessoais por integrarem o sistema operativo Windows, a Intel visa expandir os processadores a uma vasta gama de produtos electrónicos ligados em rede, uma tarefa que vai levar alguns anos para cumprir.

"Nos próximos três a cinco anos, estaremos no mercado com a combinação perfeita entre produtos e preços. Temos algum espaço para melhorar, mas somos pacientes", disse Don MacDonald, responsável da Digital Home Group da Intel, citado pela Reuters.

Actualmente, o sector de electrónica de consumo movimenta 70 mil milhões de dólares ao ano, mais ou menos um terço do total mundial de vendas de microprocessadores.

Don MacDonald disse ainda que à medida que estes bens vão adquirindo a capacidade de ligação em rede, será necessário equipá-los com processadores poderosos e versáteis. A Intel pode fornecer estas componentes se conseguir integrar várias funções num chip de menor dimensão, mais barato e com baixo consumo de electricidade.

Notícias Relacionadas:

2005-07-20 - Intel melhora vendas e lucros mas desilude na comparação com trimestre anterior

2005-06-29 - Intel completa migração da linha desktop para tecnologia EM64T

2005-05-27 - Intel revela duas novas plataformas para PCs domésticos e empresariais

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.