A Intel detalhou pormenores de um novo chip que deverá reforçar a posição da empresa na área do processamento gráfico, usando a capacidade de um chip - normalmente aportada a tarefas normais de processamento - a funções gráficas.

O Larrabee promete trazer para um chip normal novas capacidades, graças à grande capacidade de processamento suportada nos seus múltiplos cores e aproximar tarefas que antes eram asseguradas distintamente.



O primeiro produto da nova linha será dirigido ao mercado de jogos, onde a Nvidia e a ATI detém forte presença.



A Intel garante que o Larrabee combina os melhores atributos de uma unidade central de processamento com um processador gráfico, embora esclareça que não se trata de um GPU. "Parece um GPU e age como um GPU, mas o que faz é introduzir um largo número de cores x86 no seu PC", detalha ainda a empresa.



Actualmente a Intel oferece processadores com quarto núcleos e prepara a introdução de processadores com oito núcleos, suportados na arquitectura Nehalem. Os Larrabee irão assentar em dezenas de núcleos de processamento, estima-se. A fabricante mostrou um cenário em que detalha pormenores de um chip com capacidade para 8 a 48 cores.



Notícias Relacionadas:

2008-03-19 - Intel prepara chips de seis núcleos para o 2º semestre

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.