Foi hoje iniciada a comercialização de cinco novos processadores para PC desktops da Intel. Três dos chips apresentados pertencem à família Prescott enquanto os restantes dois se enquadram na actual gama de processadores Pentium 4.



Os primeiros três chips vão estar disponíveis nas velocidades de 2,8 GHz, 3 GHz e 3,2 GHz para as quais existem já acordos comerciais anunciados com a Dell, Gateway, HP e Sony, que nos próximos dias deverão colocar novos produtos equipados com o Prescott no mercado. Uma outra versão com velocidade de relógio de 3,4 GHz surgirá no mercado só em Março.



Os Prescott - nome de código dos novos Pentium 4 - pretendem introduzir novas funcionalidades de entretenimento nos computadores e serão diferenciados dos actuais chips Pentium 4 (que usavam o nome de código Northwood) através da adição da letra E. Dos três chips pertencentes a esta categoria apenas o 3.4EGHz não estará disponível a partir de hoje.



Para demonstrar a receptividade da indústria à nova família de microprocessadores, a Intel apresentou estimativas de vendas para o Prescott de 70 milhões de unidades, ao longo deste ano. Ao longo do ano espera-se que a família Prescott venha a adicionar capacidade de 64-bits à actual linha de 32-bit.



A marca norte-americana já produz o Itanium a 64-bit, mas este está disponível na gama de servidores. Espera-se que o início das vendas do Prescott possa acelerar a introdução de uma nova capacidade de processamento nos chip para computadores desktop, algo que até à data tem sido dificultado também pela falta de software compatível.



A generalidade do software é desenvolvido para máquinas com plataformas de 32-bits, embora existam já alguns fabricantes a trabalhar na evolução para os 64-bit, tais como a Microsoft.



A companhia não tem feito grande publicidade em torno deste assunto embora o seu presidente Paul Otellini tenha admitido em conferência de imprensa que a empresa pensa avançar com esta possibilidade assim que o ecossistema permitir, referindo-se à disponibilidade de software para o efeito, avança o New York Times.



Antes que estejam reunidas estas as condições, os analistas esperam, no entanto, algum movimento da companhia demonstrando as funcionalidades da tecnologia e apontam para a conferência bianual da empresa dirigida a programadores a decorrer próximo do final do mês. É possível que a demonstração venha a ser efectuada no Pentium 4 e no Xeon para servidores da gama baixa.



Recorde-se que o principal concorrente da Intel, a AMD avançou na Primavera passada com um chip de 64-bits para PC o que faz prever alguma urgência por parte da Intel em tornar compatíveis com esta capacidade o Pentium 4.



Notícias Relacionadas:

2004-01-20 - Intel anuncia disponibilidade de tecnologia EL IA-32

2003-09-24 - AMD avança para 64 bits no PC com apoio da Microsoft

2003-12-15 - Novo processador Prescott da Intel mantém designação Pentium 4

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.