A Feira de Electrónica de Consumo (CES) deste ano, a decorrer em Las Vegas, tem vindo a confirmar que as tecnologias móveis são o futuro da indústria. Uma das empresas a comprovar esta tendência foi a Intel que, ontem, deu a conhecer 16 produtos, incluindo os primeiros processadores de 45nm para computadores portáteis baseados na tecnologia de processamento Intel Centrino.



Todos os novos chips incluem o novo conceito de transístores e são fabricados segundo os moldes de 45 nanómetros, que, de acordo com a Intel, permitiram o desenvolvimento de soluções comerciais mais compactas, com maior autonomia e maior velocidade de processamento.



Ao que tudo indica, os primeiros cinco modelos a surgir no mercado são destinados a equipamentos portáteis. Embora ainda não se conheçam as datas concretas para o lançamento dos processadores sabe-se que os preços vão variar entre os 209 dólares, para os T8100, e os 851 dólares, para o Extreme X9000.



A estes dispositivos para Centrino seguir-se-ão quatro processadores de dois núcleos para a gama E8000 e outros três processadores quad-core para a gama Q, todos para desktops. A esta lista juntam-se outros quatro processadores Xeon para servidores e workstations. Todos os dispositivos apresentados são, de acordo com a Intel, os primeiros a suportar o novo set de instruções SSE4 - Intel Streaming SIMD Extensions 4.



Para já, são conhecidos alguns equipamentos que incluem os processadores de 45nm da Intel, nomeadamente alguns fabricados pela Fujitsu-Siemens e o M51 da Asus. Espera-se agora que, na próxima convenção da Apple sejam expostos alguns equipamentos da marca a incluir também estes processadores.



É de salientar que no evento a Intel realçou a forma como vai tirar partido dos transístores e dos avanços de produção para impulsionar uma categoria de dispositivos pequenos equipados com a sua plataforma Menlow de alto desempenho e baixa potência, para fornecer acessos de banda larga "de bolso".



De acordo com a informação disponibilizada pela marca, os novos equipamentos serão até "25 por cento mais pequenos do que as versões anteriores para que os fabricantes de computadores possam criar novos designs mais finos, desde computadores de secretária 'tudo em um' a computadores portáteis mais pequenos".



Para 2008, a Intel prometeu ainda a disponibilização comercial do primeiro SOC (System on a chip), um sistema integrado num só chip.


Notícias Relacionadas:

2007-09-21 - Intel promete equipamentos com suporte a WiMax já em 2008

2007-01-09 - Intel anuncia novos processadores Quad Core

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.