À semelhança de outras empresas do mundo de TI, a Intel está a aproveitar o palco da CES para lançar a nova geração de processadores Core, que tinha o nome de código Sandy Bridge. A melhoria das funcionalidades gráficas, integradas no processador, e uma gestão mais eficiente do consumo de energia são os principais destaques.

Numa antecipação à imprensa realizada ontem pela Intel em Portugal, Rui Silva e Tiago Terrivel salientaram estas duas facetas dos novos processadores, mostrando as diferenças de desempenho através de vários benchmarks com gerações anteriores de chips.

"A nova 2ª geração de processadores Intel Core representa um maior avanço ao nível do desempenho e capacidades de computação do que qualquer outra geração anterior," afirmou Mooly Eden, vice-presidente e directora-geral, do PC Client Group da Intel, em comunicado divulgado hoje. "As funcionalidades visuais integradas permitidas por estes novos processadores são impressionantes. Combinadas com um desempenho adaptativo melhorado vão revolucionar a experiência de PC de uma forma que será óbvia para qualquer utilizador ver e apreciar - desempenho visivelmente mais inteligente."

A integração do processamento gráfico no processador assegura maior qualidade na reprodução de imagens e de videos, garantindo a Intel que o ganho na rapidez de produção de conteúdos é de 42% e que os jogos são 50% mais rápidos do que quando executados na primeira geração dos Intel Core. Mas esta opção poderá causar mais dissabores à Intel junto das entidades regulatórias.

Ao todo a segunda geração de processadores Core vai incluir 20 novos chips Core i7, i5 e i3, novos chipsets e adaptadores Centrino Wi-Fi e Wimax, que deverão ser disponibilizados nas próximas semanas em mais de 500 computadores de várias marcas. Os sistemas baseados em Quad core estarão disponíveis a 9 de Janeiro e os dual core estarão disponíveis no final de Fevereiro.

[caption]Nome imagem[/caption]

Para além dos processadores, a Intel anunciou também novas funcionalidades ligadas à área de video e partilha de conteúdos entre vários computadores, como o Quick Sync Video, os gráficos Intel HD, o Intel Wireless Display 2.0 e o Intel Insider. Este já tinha sido referido ontem pelo TeK e envolve a colaboração com várias empresas de distribuição de vídeo para acesso a filmes em "verdadeira alta definição" no PC, sendo esperado o início da distribuição comercial de conteúdos durante o primeiro trimester de 2011.

O Intel Insider é suportado na nova versão da tecnologia Intel Wireless Display (WiDi), que acrescenta o formato HD 1080p e protecção de conteúdos para aqueles que pretende transmitir conteúdo HD a partir do computador portátil para a Televisão.

[caption]Nome imagem[/caption]

A segunda geração de processadores Core inclui ainda suporte a tecnologia3, com o Intel InTru 3-D que permite transmitir imagens estereoscópica para HDTVs ou monitores equipados para 3D através de ligações HDMI 1.4.

A nível do desempenho os novos processadores integram também melhorias na tecnologia Turbo Boost 2.0, que permite agora realocar automaticamente recursos do núcleo e gráficos do processador para acelerar o desempenho, o que assegura uma melhoria imediata quando e onde é necessário.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.