A Amazon passou a permitir a requisição e leitura de livros de bibliotecas públicas através do seu leitor de ebooks e aplicações para computadores e smartphones, anunciou ontem a empresa, num comunicado oficial.

A novidade vem trazer uma nova dimensão ao dispositivo, ao fornecer acesso gratuito às obras em formato digital de 11 mil bibliotecas norte-americanas de âmbito local. Só está, no entanto, disponível para utilizadores que possuam um cartão de leitor válido para a instituição cujas obras pretendem requisitar.

Para além da comodidade de aceder aos livros em formato digital no leitor portátil (e nas aplicações gratuitas que o substituem noutras plataformas), uma das principais vantagens reside na disponibilização de funcionalidades próprias do Kindle também nos livros requisitados nas bibliotecas.

A manutenção da numeração original das páginas, integração com Facebook e Twitter e a possibilidade de acrescentar notas, marcas e registar a última página lida do livro, que são sincronizadas com a conta do utilizador e podem ser retomadas caso volte a requisitar ou compre o mesmo ebook, são os exemplos avançados.

As bibliotecas que aderiram ao sistema passaram a contar com um botão no seu site que permite solicitar os livros para Kindle. Clicando em "Get for Kindle" e introduzindo as credenciais de autenticação para a sua conta Amazon, os utilizadores recebem a cópia digital para utilização por um período limitado, como se tivessem requisitado um livro na biblioteca.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.