Numa altura em que muitos ainda esperam pelas atualizações para o Android 4.0, ou Ice Cream Sandwich, a Google prepara o lançamento - e uma nova estratégia para uma disponibilidade mais alargada - da próxima versão do seu sistema operativo móvel.

O Android 5.0, ou Jelly Bean, deverá começar a chegar às lojas em finais de novembro, avança o Wall Street Journal, citando informação veiculada por uma "fonte próxima" da companhia, que segundo o jornal terá também chegado a acordo com cinco fabricantes para o lançamento de smartphones equipados com a nova versão do sistema operativo móvel de código aberto.

Samsung, HTC, Motorola, Sony e LG são os nomes apontados como prováveis para assegurar o lançamento de uma espécie de linha de Nexus de diferentes marcas, a serem lançados todos no outono, numa tentativa de alargar o leque disponível de equipamentos e a rapidez com que as novas versões chegam ao público.

De acordo com o jornal, as mudanças fazem parte de uma estratégia por parte da gigante das pesquisas com o objetivo de diminuir o papel das operadoras no processo de disponibilização dos equipamentos - algo que já terá ensaiado com o lançamento do último Galaxy Nexus, vendido tanto pela fabricante e operadores, como através de uma loja online dedicada.

Recorde-se que o rumor a respeito da possibilidade de lançamento de uma loja de equipamentos Android online não é novo. Já em março o WSJ escrevia que a companhia estava a criar um site para vender tablets de fabricantes com as quais mantém parcerias, como a Samsung. A história acabou por ganhar novos contornos com o lançamento do site destinado à venda do Nexus que marcou o lançamento do Android 4.0, em finais de abril.

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Joana M. Fernandes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.