Em antecipação ao evento digital do Mobile World Congress 2021, que vai realizar-se na próxima semana, a Lenovo apresentou alguns dos seus novos produtos tecnológicos, centrando-se nos tablets e portáteis, sobretudo destinados a profissionais e estudantes. O cabeça de cartaz é o ThinkPad X1 Extrem Gen 4, um poderoso portátil que pode ser equipado até processadores Intel i7 e i9 de 11ª geração, placas gráficas NVidia GeForce RTX 3080, com suporte a 5G e ligações Wi-fi 6/6E.

O portátil tem um ecrã de 16 polegadas, 16:10 panorâmico, com molduras muito finas, e com versões de painéis 1080p com 400 nits de brilho ou 4K com 600 nits, ambos com Dolby Vision. E a tecnologia não fica por aqui, o computador portátil tem nova tecnologia de refrigeração, com três novas patentes, facilitando a circulação do ar tanto na parte superior com inferior do módulo. Isso significa que o teclado fica mais refrigerado.

O modelo tem suporte a Dual DIMM até 64 GB de RAM DDR4 e Dual Storage para dois SSD M.2 PCIe Gen 4 de 2 TB, e ainda botão de energia para se autenticar quando liga o equipamento. A sua webcam tem qualidade de gravação 1080p e as colunas oferecem Dolby Atmos. A empresa destaca ainda o aumento de bateria, prevendo 10,5 horas de duração.

Já os modelos ThinkPad L13 e L13 Yoga Gen 2 apresentam pela primeira vez processadores AMD e GPU Ryzen de série 5000. São também alimentados pelo sistema operativo Windows 10. Estes modelos são destinados a profissionais que necessitem de maior eficiência ao nível de produtividade e segurança.

O L13 Yoga Gen 2 é um conversível de 13,3 polegadas, procurando ser versátil o suficiente durante a sua autonomia de 10,6 horas, alimentado por uma bateria de 46 Whr. Os portáteis apresentam duas cores, preto e prateado, com uma câmara em alumínio. E podem ser equipados com uma Pen opcional integrada no próprio chassis da máquina, para que possa trabalhar diretamente do ecrã tátil. O L13 Gen 2 tem as mesmas características, mas apresenta-se como um formato em concha, sem a capacidade de se transformar num tablet como o seu irmão.

Quanto a preços e disponibilidade, todos os modelos chegam em agosto, com o topo de gama X1 Extreme Gen 4 a custar 2.099 euros. O L13 Yoga Gen 2 custa 749 euros na sua versão AMD e o L13 Gen 2 custa 649 euros.

Para complementar os seus portáteis, a empresa apresentou alguns novos monitores, como o ThinkVision M15 e o L15 que se destacam por serem leves, oferecendo um ecrã de 15,6 polegadas. Ambos são semelhantes, mas o primeiro está mais vocacionado para profissionais, enquanto o segundo para estudantes ou trabalhadores em pequenos espaços.

Os monitores destacam-se pelas duas entradas USB-C com capacidade de passtrought e ainda um botão para ativar a proteção das luzes azuis nocivas à vista. Ainda com data de lançamento a anunciar, os modelos vão custar 229 euros.

Novos Chromebooks e acessórios para teletrabalho

Mais uma vez, os novos Chromebooks da Lenovo apresentam dois formatos, o convencional e o Flex, que permite diferentes aplicações, como ser colocado em forma de “tenda”. O IdeaPad 5i tem um ecrã de 14 polegadas FHD compatível 100% com SRGB, com 300 nits de iluminação. A versão Flex tem 13,6 polegadas. Ambos têm duas portas USB-C e um sistema de configuração para poder montar um setup com múltiplos monitores em locais com espaço limitado.

Os portáteis oferecem teclados retroiluminados, molduras finas e webcam com portinhola deslizante para maior segurança e privacidade. Na extremidade da tampa, na área do TouchPad, os modelos apresentam um LED luminoso que dá um toque de requinte aos equipamentos, mostrando o nível de bateria.

No interior os equipamentos apresentam processador Intel Core i5 até 11ª geração e 512 GB de SSD. Tem ainda uma bateria de 10 horas. Têm ligação Wi-fi 6.0, assim como 2 entradas USB-C 3.1 Gen 1 e uma USB-A 3.1 Gen 1.

Os dois modelos custam 399 euros e chegam ao mercado entre junho e julho.

A Lenovo apresentou ainda duas novas webcams, os modelos ThinkVision MC50 e a LC 50, que são muito semelhantes em termos de especificações, mas mudam a forma como se agarram ao monitor. Uma delas é magnética e tira partido das bases metalizadas dos ecrãs da marca. A outra tem um encaixe diferente, para ser agarrado às ranhuras traseiras dos monitores. O destaque é a sua resolução de 1080p, com RGB, dois microfones embutidos com cancelamento de ruído e 90 graus de visão panorâmica.

Ainda no que diz respeito aos acessórios, a linha Lenovo Go Remote Work continua com o objetivo de preencher o “buraco” entre o trabalho no escritório e em casa. Um dos destaques é uma barra Lenovo Go USB-C® Wireless Charging Kit que confere aos portáteis a capacidade de carregar sem fio. Ou seja, a barra acompanha toda a base, tem uma ligação USB, que carrega quando em contacto com uma base em cima da mesa. A vantagem é a mobilidade, sem a necessidade de tirar ou colocar o cabo de energia sempre que precisa, basta pousar o equipamento na base.

Não faltam acessórios divididos entre energia, áudio e inputs, incluindo ratos e auscultadores na coleção.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.