Os novos processadores gráficos GeForce4 da NVIDIA foram apresentados esta semana em São Francisco, nos Estados Unidos. A recente linha de produtos é constituída por três componentes principais, o GeForce4 Titanium, GeForce4 MX e o GeForce4 Go.



A Apple, que tinha anunciado na semana passada que o GeForce4 MX faria parte das placas dos recentes modelos com processadores duplos de gama média e topo de gama Power Mac G4, veio agora revelar que também o GeForce4 Ti deverá estar disponível a partir de Março – primeiro como opção e, dentro em breve, como produto independente para actualização – nos sistemas Power Mac G4 QuickSilver.



Segundo informações disponibilizadas pelo serviço MacCentral, o presidente e director executivo da NVIDIA Jen-Hsun Huang referiu no evento do lançamento dos novos processadores que o objectivo da sua empresa é reduzir a distância entre o que os gráficos gerados por computador para o cinema e os gráficos interactivos usados pelo utilizador comum podem fazer.



A linha GeForce4 inclui actualmente cinco processadores desenvolvidos para aplicações de desktops e outros três criados para configurações móveis. Os modelos 4600 e 4400 proporcionam níveis de comportamento topo de gama e, logo, mais adequados para profissionais. Quanto aos três modelos do processador GeForce4 MX, respondem essencialmente às exigências do utilizador normal e dos fabricantes de computadores, apresentando diferentes capacidades, tal como as três configurações do processador móvel GeForce4 Go.



De acordo com os responsáveis da NVIDIA a série GeForce4 Ti suporta o motor de desenvolvimento nfiniteFX II, concebido para permitir que os criadores de jogos encontrem novos níveis de detalhe na animação de personagens e ambientes. A nova gama de produtos inclui também o Video Processing Engine que fornece um descodificador hardware MPEG-2, entre outras funcionalidades, para DVD e descodificação de sinal de vídeo.



Especialmente dedicado aos utilizadores de PC é o suporte do GeForce4 do nView – já disponível para Mac –, uma nova tecnologia de visualização de gráficos que possibilita a gestão de vários monitores a partir de uma única placa.



Notícias Relacionadas:

2002-01-07 - Nvidia chega a acordo com hackers holandeses

2001-06-04 - Chipset nForce da Nvidia utiliza tecnologia de bus HyperTransport da AMD

2001-03-04 - GeForce3, o chip radical

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.