No mês de Novembro que agora terminou, a utilização do Windows voltou a cair ligeiramente em favor de outros sistemas operativos, sobretudo do Mac OS. A fabricante do Windows quase conseguiu, mesmo assim, compensar o decréscimo na utilização no XP com a maior utilização verificada com o Vista.

Os dados da Net Applications mostram que em Novembro 89,6 por cento dos utilizadores era Windows, número que representa uma queda de 0,84 por cento em relação ao mês anterior.
Nos últimos doze meses, os sistemas da Microsoft perderam quase 2 por cento do mercado (há um ano atrás tinham, segundo estes dados, 91,79 por cento). O XP tem sido o responsável pela quebra (1,81 por cento em Novembro). Em trajectória oposta está o Vista que no mês em análise ganhou 1,16 por cento.

Outra evolução que os números registam nos últimos doze meses é o avanço da Apple e do seu Mac OS X. Em Novembro a empresa captava 8,9 por cento, resultado de um crescimento anual superior a 20 por cento.

Os sistemas Linux também registaram algum avanço, embora continuem a não representar um por cento dos acessos contabilizados pela empresa de estudos de mercado aos sites através dos quais realiza a pesquisa. Em Novembro os sistemas Linux representaram 0,83 por cento dos acessos, contra os 0,71 por cento registados em Outubro, mas abaixo dos 0,90 por cento registados no mês anterior.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.