A Microsoft vai lançar um site que pretende posicionar-se como ferramenta de apoio aos governos e agências públicas europeias em busca de fornecedores de soluções de tecnologia. Este emarketplace será oficialmente apresentado no dia 29 de Junho na Tech Ed Europe e funcionará como "um ecossistema de fornecedores de tecnologia", onde os organismos públicos poderão encontrar integradores de sistemas, vendedores de software, empresas de consultoria ou formação, num total de cerca de 300 soluções de tecnologia.



Para os organismos públicos o acesso a esta plataforma não terá qualquer custo e permitir-lhe-á encontrar "soluções na sua língua de origem e com garantias de conhecimento do mercado e cultura das organizações", explica a Microsoft em comunicado.



No que respeita aos fornecedores de soluções, a Microsoft sublinha que a presença no Public Sector Partner Marketplace é uma oportunidade de marketing acrescida e uma forma de identificar novas oportunidades de negócio. As empresas que pretendam endereçar a plataforma terão de registar-se e terão de comprovar a existência de negócios anteriores com o sector público, realizados e implementados. Depois de uma fase de apreciação cada parceiro aceite na plataforma terá autonomia para gerir o seu perfil e ofertas disponíveis no site.



A Microsoft acredita que a sua iniciativa terá capacidade para acelerar o processo de escolha de parceiros tecnológicos, por parte dos organismos da administração pública, uma vez que promove o contacto directo entre estes e selecciona os fornecedores disponíveis pela sua qualificação, reduzindo o tempo necessário para o processo de selecção, avança o mesmo comunicado.



O site será organizado mediante categorias de soluções, país ou região, sendo ainda possível pesquisar definindo os requisitos regionais e tecnológicos dos produtos. Os fornecedores serão avisados de cada vez que a sua área tecnológica ou produtos forem abrangidos por um critério de pesquisa, através de alertas de email que poderão contratualizar ou não.



A prazo o número de fornecedores do Public Sector Partner Marketplace deverá aumentar assim como as zonas do globo a que se dirige. Para já centraliza-se na região EMEA - Europa, Médio Oriente e África e facilita a entrada a parceiros e operações locais da Microsoft.



Notícias Relacionadas:

2004-03-11 - Office da Microsoft presente na totalidade dos organismos públicos portugueses

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.