A Microsoft prepara-se para lançar o seu primeiro software destinado ao mercado doméstico que contém a tecnologia de segurança de activação do produto, o Plus Digital Media Edition (DME), um módulo adicional para o sistema operativo Windows XP, noticia a C|NET.

A companhia já lançou várias versões do Plus desde o lançamento do Windows 95. Mas, ao contrário dos anteriores lançamentos, o Plus DME integra um sistema de activação de produto que exige que os consumidores introduzam um código composto por 25 letras e números para que a aplicação seja instalada, activando-a em seguida através da Internet.

Ao mesmo tempo, o Plus DME é também um dos primeiros produtos em que a gigante de software experimenta implementar novos métodos para a distribuição de programas, dado ser comercializado online em formato digital. O software oferece funcionalidades que se destinam a melhorar as capacidades multimédia digitais do Windows XP, como a criação de histórias mediante o recurso a fotografias digitais ou a implementação de um modo "festa" para o Windows Media Player 9.

A Microsoft deverá lançar o Plus DME durante a feira Consumer Electronics Show que se inicia em Las Vegas na próxima terça-feira, dia 7 de Janeiro e que irá decorrer até domingo, dia 12. Neste evento, a empresa poderá também revelar as versões finais do Window Movie Maker 2 e do Windows Media Player 9. As versões beta destas aplicações estão já disponíveis desde o Verão.

A primeira introdução em massa da activação de produto ocorreu com o lançamento da suite de produtividade Office XP em Maio de 2001. Anteriormente, um service pack para o Office 2000 já tinha acrescentado uma versão mais básica da tecnologia ao software. Mais tarde, a companhia incorporou o sistema ao Windows XP, Visio
2002
e a muitas outras aplicações de negócios.

A activação de produto "prende" o software à configuração de hardware do computador. Segundo a Microsoft, não é recolhida qualquer informação pessoal durante o processo, que essencialmente associa o código do software e a configuração do hardware numa base de dados de informação recolhida.

O principal objectivo desta tecnologia consiste em reduzir o nível de
pirataria casual, em que os consumidores compram uma cópia do software para vários computadores ou fazem outra cópia para amigos ou familiares. Ao contrário do que acontece com o Office XP, em que os utilizadores podem obter um código de activação para instalar o programa numa segunda máquina, no caso do Plus DME isso já não será possível.

O DME é a segunda versão Plus para o Windows XP. A primeira foi lançada poucos dias depois do início da comercialização do sistema operativo em Outubro de 2001. Em Dezembro de 2001, a Microsoft ofereceu algumas dessas funcionalidades como um download gratuito denominado Windows Media Bonus Pack for Windows XP.

Notícias Relacionadas:
2002-12-17 - Microsoft prepara-se para lançar software de
entretenimento
para o Windows XP

2001-10-29 - Microsoft disponibiliza actualizações de 20 Megabytes para o Windows XP

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.