No âmbito do seu programa de verificação de software Windows Genuine Advantage (WGA) a Microsoft Portugal anunciou a disponibilização no mercado do Kit Genuíno para Windows XP Professional, uma oferta que dará a possibilidade dos utilizadores legalizarem os sistemas operativos Windows.



A ferramenta foi concebido a pensar tanto nos utilizadores domésticos como empresariais e estará disponível, em pacotes de uma ou de dez licenças individuais, através de revendedores de material informático e das principais cadeias de retalho no país. No entanto, a Microsoft adianta que "os pacotes de 10 licenças só poderão ser usados/instalados num único cliente final".



A disponibilização do produto no mercado nacional é a resposta a "uma necessidade real" que a empresa sentiu por parte do mercado e "insere-se numa prática mais alargada Microsoft que visa combater comportamentos ilícitos", defende Rui Cruz, responsável pelo negócio Windows em Portugal.



Fazem parte da WGA vários serviços que, para além de permitirem que os utilizadores verifiquem a legalidade do software, conferem aos revendedores a possibilidade de fidelizar os seus clientes "através de um comportamento comercial regular que assegura o máximo valor a quem utiliza software original", garante a Microsoft em comunicado.



No mesmo documento a empresa cita alguns dados estatísticos publicados pela IDC e pela McKinsey, onde se pode ler que "o Sector das Tecnologias de Informação em Portugal poderia crescer 42 por cento se conseguisse operar uma redução de 10 por cento na taxa de utilização de software ilegal, reduzindo-a dos actuais 40 por cento para 30 por cento".

Notícias Relacionadas:

2006-09-28 - ASAE instaura processos-crime por pirataria e apreende material informático

2005-01-26 - Microsoft vai tornar obrigatório programa de verificação do software

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.