A Microsoft acaba de anunciar a disponibilidade do Windows Virtual Desktop, uma ferramenta que permite virtualizar desktops e apps no Azure, com garantia de segurança e compliance. O serviço deveria ficar disponível primeiro nos EUA e ser alargado gradualmente, mas o interesse revelado pelas empresas que se registaram antecipadamente fez com que a empresa alargasse o âmbito.

No Windows Virtual Desktop (WVD) é possível garantir uma experiência de Windows 10 multi-sessões, optimização para Office 365 ProPlus e suporte a  Windows Server Remote Desktop Services (RDS) para desktops e aplicações, como explicam Brad Anderson e Takeshi Numoto, vice presidente para a área de Microsoft 365 e vice presidente para o Azure, num post conjunto no blog da empresa.

O cliente do WVD está disponível em Windows, Mac, Android, iOS e HTML 5, e suporta serviços de desktop remotos e apps em clouds públicas, o que faz com que se torne um instrumento muito flexível para as empresas que querem dar aos seus colaboradores acesso a aplicações virtualizados e áreas de trabalho remotas, incluindo a capacidade de fornecer experiências com o Windows 10 em várias sessões, o que diferencia este serviço de outras opções de fornecedores que disponibilizam desktops virtualizados.

Windows Virtual Desktop
créditos: Microsoft

A disponibilização do serviço é agora global, depois do anúncio há um ano e do lançamento de uma versão de preview em março deste ano.  Mais de 20 mil empresas terão feito o registo para terem acesso a esta versão, o que levou ao lançamento alargado.

A solução pode interessar também às empresas que ainda mantêm o sistema operativo Windows 7 que vai deixar de ser suportado pela Microsoft em janeiro de 2020. No  Windows Virtual Desktop os utilizadores vão poder continuar a usar os seus desktops Windows 7, com as aplicações desenhadas para este sistema operativo, até janeiro de 2023, com todas as atualizações de segurança, o que pode  ser um dos dinamizadores da adoção do serviço.

As empresas que têm licenças de Windows 10 Enterprise e Microsoft 365 podem usar o Windows Virtual Desktop sem custos adicionais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.