O certame Consumer Electronics Show é uma das maiores montras internacionais de gadgets e de todo o tipo de produtos electrónicos. Entre protótipos que nunca chegarão a ser produzidos, novos produtos e novas versões de produtos antigos, existe espaço para tudo, do inovador ao inútil, de quase todos os fabricantes internacionais.

A iRiver, criadora de leitores Mp3 e PMPs (Personal Media Players), apresentou bastantes novidades durante a CES. Alguns dos novos modelos da empresa tiveram um tratamento ultra-secreto, com a disponibilização gradual de fotografias através de um site 'teaser' dedicado à presença da iRiver na CES e finalmente com a apresentação no 'showroom' do stand.

Os PMPs Lplayer e Spinn apresentam um design minimalista, interface por toque e capacidades na ordem dos Gigabytes. Os detalhes dos dois modelos são ainda desconhecidos, sem qualquer data ou mercado de comercialização anunciados. O Lplayer apresenta um ecrã sensível ao toque de duas polegadas, com uma moldura e interface minimalistas. O Spinn apresenta o mesmo design minimalista, mas com um controlo rotativo físico e um ecrã e capacidades de memória significativamente maiores.

http://imgs.sapo.pt/gfx/443831.gif

O Spykee é um robot para construir da Erector e que para além de incluir uma webcam, Wi-Fi, colunas de som, microfone e leitor de Mp3, pode ser utilizado como telefone VOIP para o Skype ou como sentinela/espião móvel, podendo ser controlado localmente ou a partir de qualquer ponto da internet.

Os novos modelos Spykee Cell, Spykee Vox e Spykee Miss incluem ainda uma doca para colocação de um iPod ou iPhone, funcionando como sistema de mãos-livres ou colunas portáteis e permitindo recarregar os leitores da Apple. Os novos Spykee estão disponíveis através da Amazon, com preços que rondam os 280 euros, dependendo do modelo.

http://imgs.sapo.pt/gfx/443832.gif

A LG apresentou a sua versão do relógio do Dick Tracy, com telemóvel incorporado. O relógio/telemóvel da LG não é muito maior que um relógio comum, possuindo três botões para controlo do interface e acesso a funções como mensagens, realizar chamadas e outros. O relógio é totalmente funcional, mas está ainda em fase de protótipo sem quaisquer informações acerca da possibilidade de comercialização.

http://imgs.sapo.pt/gfx/443834.gif

O Optimus Maximus é o teclado mais falado, imaginado, escrito e fotografado de sempre, quanto mais não seja por estar anunciado para produção já há cerca de dois anos, com os primeiros protótipos a surgirem durante o ano passado e uma versão final a ser demonstrada na CES.

A razão de tanta atenção sobre o teclado criado pelo designer russo Art Lebedev é o facto de cada uma das suas 47 teclas conter um ecrã OLED a cores, podendo apresentar imagens fixas ou animações até 10 frames por segundo. As teclas podem ser configuradas pelo utilizador para apresentarem diferentes layouts de teclado, atalho para aplicações ou até criar teclados específicos para jogos individuais.

A produção tem sido efectuada por lotes de números restritos, tendo a produção do próximo lote de 400 teclados sido adiada para Fevereiro de 2008. O preço para o teclado de 47 teclas OLED é de cerca de 1250 euros, com opções mais baratas para versões com menos teclas configuráveis. O teclado pode ser encomendado através do site Art Lebedev Studio.

http://imgs.sapo.pt/gfx/443835.gif

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.