Admitindo que a primeira fase de adopção do Linux já está ultrapassada, com a percepção de que o sistema operativo open source é uma alternativa real aos sistemas proprietários, Dan Kohn, COO da Linux Foundation, sublinhou hoje em Lisboa que o próximo desafio da maturidade é garantir a interoperabilidade e retrocompatibilidade entre as aplicações e distribuições de Linux de forma a concorrer efectivamente com a Microsoft.

"A primeira fase da adopção do Linux está ultrapassada. Há 5 ou 10 anos ninguém acreditava que o Linux poderia ser uma alternativa. Hoje há uma grande percepção por parte dos players de mercado que o futuro do desenvolvimento é open source", justificou Dan Kohn durante a sua intervenção no V Encontro Nacional de Tecnologia Aberta, que decorre hoje em Lisboa.

"A normalização é uma área crítica. Há muitas distribuições e deve haver um grande nível de compatibilidade entre todas de forma a que quando alguém desenvolve uma aplicação ela funcione em todas as distribuições", defendeu o responsável, que afirma que a comunidade open source tem de se organizar em torno de um esforço mais consistente de certificação nesta área.

Criada há poucos meses, a Linux foundation tem investido num processo de certificação, o LSB (Linux Standad Base), que forneça a todos os utilizadores e developers de aplicações a garantia de compatibilidade com as várias distribuições de Linux. Dan Kohn explicou ao TeK que a maioria das grandes distribuições já está certificada, embora afirme que na área de aplicações existe um maior atraso.

À margem da conferência o COO do Linux Foundation admitiu que as distribuições portuguesas de Linux (Caixa Mágica e Linex) não têm ainda a certificação, uma questão que é comum a muitas outras distribuições de Linux localizadas geograficamente.

Ainda no início deste mês a Linux Foundation anunciou uma actualização ao Linux Standard Base e a distribuição de um novo toolkit para testes. Admitindo porém que há ainda muito trabalho a fazer na área de testes Dan Kohn revelou ainda que a Linux Foundation estabelecer um acordo com a Russian Academy of Science para que os estudantes da universidade possam participar nos testes que devem ser cada vez mais extensos e rigorosos.

Notícias Relacionadas:

2007-01-22 - Linux Foundation reúne dois grupos open source para dar mais força ao movimento

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.