O sistema foi desenvolvido por investigadores da Universidade de Lancaster e funciona exibindo alvos móveis que orbitam num pequeno widget circular no canto do ecrã

Esses alvos correspondem a diferentes funções como volume, mudança de canal ou visualização de um menu. O utilizador sincroniza a direção do movimento do alvo, com a mão, com a cabeça ou com um objeto, para alcançar o que os investigadores chamam de "junção espacial espontânea", que ativa a função desejada.

“Fundimos as tecnologias para que o utilizador possa selecionar temporariamente um ponteiro", disse Chris Clarke, do departamento de computação e comunicação da Universidade de Lancaster e esclareceu que pode ser usada “qualquer parte do corpo ou qualquer objeto, e, ao contrário de outros sistemas que procuram uma parte específica do corpo ou um objeto, ele apenas procura qualquer movimento genérico".

Para já, esta tecnologia ainda é um protótipo académico e vai ser apresentada numa conferência na cidade do Quebec.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.