A última actualização para o sistema operativo móvel da Apple ainda mal tinha começado a chegar aos utilizadores quando a iPhone Dev Team anunciou ter quebrado os mecanismos de segurança da mais recente versão do iOS, para permitir a instalação nos dispositivos de aplicações não autorizadas pela fabricante.

O jailbreak para o sistema operativo de equipamentos como o iPad, iPhone e iPod Touch, foi disponibilizado esta terça-feira, um dia depois de o update para o iOS 4.2.1 ficar acessível.

Denominado "redsn0w 0.9.6b4", o jailbreak é instalado da mesma forma que soluções apresentadas pela Dev Team para versões anteriores do SO, mas pode obrigar os utilizadores dos modelos mais recentes a manterem os dispositivos ligados a um computador durante a inicialização do sistema.

Equipamentos como o iPhone 3G, primeiros 3GS e iPod Touch 2G não serão afectados pela limitação, mas a equipa de hackers também já anunciou estar a trabalhar na resolução do inconveniente.

Na mensagem publicada online para dar conta da novidade, a iPhone Dev Team aconselhou também os utilizadores que desbloquearam os seus iPhones para funcionarem com operadoras diferentes das redes a que se encontravam vinculados a não fazerem a actualização para o iOS 4.2.1.

Entretanto, talvez valha a pena lembrar que a Apple não assegura assistência no caso de alguma coisa correr mal com os aparelhos nos quais foi feito o jailbreak, pelo que se aconselha algum cuidado no recurso à solução.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.