Larry Ellison, presidente da Oracle, o gigante norte-americano de software, anunciou a sua intenção de duplicar o número de engenheiros de software na Índia, fazendo ascender esse número a mais de 6 mil trabalhadores no sub-continete asiático.



A declaração de Ellison, feita ontem numa conferência de imprensa a que a France Press teve acesso, foi complementada com a constatação de que a Índia é já uma potência em termos de número de engenheiros de software e de que a mão de obra e as infra-estruturas para o desenvolvimento das tecnologias da informação não páram de crescer no país.



De momento a Índia é, a seguir aos EUA, o país onde estão concentrados mais centros de investigação e desenvolvimento da Oracle e 80 por cento dos empregados da firma no território estão envolvidos em projectos de desenvolvimento de novo software.



Na mesma conferência o presidente da Oracle abordou as potencialidades do continente asiático, considerando que enquanto a China se está a tornar um importante escoador de bens de consumo, inclusivamente de hardware de tecnologias de informação, a Indía se irá tornar um centro global ao nível da prestação de serviços.



Este anúncio da Oracle surge pouco tempo depois da divulgação de notícias que davam conta de que a Microsoft se prepara também para transferir importantes recursos dos EUA para a Índia, aumentando de forma significativa o número de efectivos no país.



Notícias Relacionadas:

2002-09-18 - Oracle quase falha previsões de vendas devido a descida na Europa e na Ásia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.