A Oracle foi o parceiro escolhido pela Inteli para o desenvolvimento da plataforma de software que suporta a rede de carregamento de carros eléctricos em Portugal, a MOBI-E. O projecto assume destaque na área de utilities da empresa de software, até porque tem potencial para ser "um exemplo de sucesso" no mundo, explicou ao TeK Bastian Fischer, vice-presidente desta área para a EMEA.

"Para nós o projecto é estratégico", adiantou este responsável em entrevista telefónica, garantindo que está na primeira linha da inovação a nível internacional e permite uma transferência de conhecimento que a Oracle irá aplicar também noutros projectos internacionais nos quais participa.

Recorde-se que a Inteli está a implementar uma rede de grande expansão nacional para carregamento de bateria de carros eléctricos, com 1.300 estações de carregamento lento e 50 estações de carregamento rápido. O projecto-piloto abrange 25 municípios do Continente, envolvendo Viana do Castelo, Braga, Guimarães, Porto, Lisboa, Almada, Leiria, Setúbal, Coimbra, Beja, Aveiro, Santarém, Cascais, Torres Vedras, Vila Nova de Gaia, Loures, Faro, Évora, Portalegre, Castelo Branco, Guarda, Sintra, Viseu, Vila Real e Bragança.

[caption]mobi-e[/caption]

A Oracle contribui para o MOBI-E com as componentes de tecnologia, bases de dados e middleware, assim como a área de relacionamento com o cliente, identificação e facturação. "Com estes componentes que fornecemos ao projecto MOBI-E provamos que estamos na frente da inovação", adiantou Bastian Fischer.

Por trás destes serviços estão a Oracle Fusion Middleware e a Oracle Database 11g, que suportam os níveis de desempenho e a operação; o CRM Siebel da Oracle, que alimenta os clientes e gestão do ciclo de vida dos contratos, bem como os Web self-services. O Oracle WebCenter Suite e o Oracle WebLogic Suite 11g e o Oracle Business Intelligence Enterprise Edition abrangem a análise geral e a gestão dos negócios.

A empresa já tem uma longa história de fornecimento de soluções para a área de utilities em Portugal, nomeadamente com a EDP, que por várias vezes participou em implementações de tecnologias de ponta da Oracle.

"Temos projectos semelhantes [ao MOBI-E] mas este é o maior nesta escala e tem uma grande componente de inovação e pioneirismo", justificou ainda o vice-presidente de utilities da Oracle para a EMEA. A empresa de software está a apostar fortemente neste sector e criou uma unidade de negócio que se foca em smart meter, redes eléctricas inteligentes e integração de energias renováveis.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.