O investigador português José Fonseca, do grupo Software and Systems Engineering, do Departamento de Engenharia Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, foi o vencedor do prémio William Carter Award 2009, um dos mais cobiçados galardões na área da Fiabilidade de Sistemas Informáticos.

O prémio foi atribuído a este docente da Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Instituto Politécnico da Guarda graças a uma tecnologia que criou, destinada a avaliar mecanismos de protecção de segurança da Internet para que esta possa ser mais segura.

Para o desenvolvimento da tecnologia, José Fonseca focou a sua investigação "nos problemas de segurança das aplicações Web (páginas pessoais, blogs, sites noticiosos, redes sociais, agências bancárias, fóruns, sites de comércio electrónico)". A partir daqui, centrou-se na projecção de um sistema de detecção de intrusões, que "através do ataque controlado de uma aplicação web", possa avaliar o comportamento de uma série de mecanismos de segurança com o objectivo de proteger a aplicação. “Este resultado deve levar à correcção desse detector de intrusões e, assim, contribuir para a melhoria da segurança em aplicações web”, frisa José Fonseca.

Segundo o investigador, "o protótipo […] já permitiu realizar experiências com resultados extremamente animadores, nomeadamente na avaliação de dois detectores de vulnerabilidades de segurança comerciais e de um detector de intrusões".

Para os orientadores do trabalho científico, Henrique Madeira e Marco Vieira, esta distinção assume-se como "o reconhecimento máximo que investigadores da área de Dependable Systems podem ter".

Esta é a segunda vez que a Universidade de Coimbra vence o prémio William Carter.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.