O protótipo do Golmow, um robô para cortar relva em campos de golfe, vai dar à portuguesa Selftech a oportunidade de subir ao palco na próxima edição da Innorobo para tentar captar o interesse de uma plateia de investidores.



O projeto foi o primeiro classificado da call for startups associada ao evento, considerado um dos mais importantes da Europa na área da robótica de serviços. A oportunidade para apresentar novos projetos a uma pool de investidores foi aproveitada por empresas de mais de duas dezenas de países. Cinco garantiram tempo de antena.



João Estilita explicou ao TeK que a Selftech está a trabalhar no projeto desde 2008. O protótipo que a empresa leva a França começou a ser trabalhado em 2010, beneficiando de apoios do QREN. A unidade piloto já desenvolvida está em testes de campo.



Para que o Golmow se transforme num produto comercial é preciso avançar para a fase de industrialização do produto. A presença da Selftech em Lyon servirá para tentar angariar os fundos necessários para dar mais esse passo.



Se tiver sucesso na missão, João Estilita estima que o robô esteja pronto a chegar ao mercado no prazo de um ano. A empresa garante que a sua inovação vai revolucionar a manutenção dos campos de golfe "permitindo que as zonas conhecidas como fairways ou pistas sejam cortadas de uma forma completamente autónoma e limpa".



O Innorobo acontece entre 19 e 21 de março. A Selftech, que emprega atualmente quatro pessoas, será uma das cerca de 50 empresas presentes. Este será o primeiro produto lançado pela tecnológica portuguesa, que já desenvolveu outros projetos na área da robótica, mas em regime de consultoria para outras empresas.




Na imagem abaixo conheça o Golmow.

[caption]Golmow[/caption]

Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Cristina A. Ferreira

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.