A localidade de Fukuoka, no Japão, irá alojar a partir de hoja e até ao dia 25 a edição de 2002 do campeonato mundial de futebol robótico. O RoboCup, um evento que deverá contar com a participação de 193 países oriundos de 30 países.



O grande objectivo deste evento que se realiza desde 1997 consiste na construção de uma equipa de robõs humanóides em 2050 que possa derrotar os campeõs mundiais humanos do desporto.



No programa do RoboCup 2002 constam para além de uma conferência científica, uma liga de futebol robótico subdividida em cinco escalões, de acordo com o tipo de máquinas participantes: robôs de tamanho médio e de tamanho pequeno, cães robóticos, robôs humanóides e uma liga de simulação.



Recentemente, foi também criada uma liga de busca e salvamento, que visa construir robôs que possam intervir em casos de catástofres. Mas o campeonato inclui ainda uma liga júnior, que pretende motivar os jovens do ensino básico e secundário a interessar-se por disciplinas como a robótica e a inteligência artificial.



Portugal, que se tem feito notar nas anteriores edições da prova, irá também participar com três equipas. A primeira designa-se FC Portugal e foi organizada pelas Universidades do Porto e Aveiro, destinando-se a participar na modalidade de simulação. As duas restantes são da responsabilidade da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Conhecidas por 5 dpo, vão concorrer nas modalidades de robões pequenos e de tamanho médio.



As razões que estão por detrás da candidatura portuguesa à organização do certame em 2004 residem na dinamização e investigação científica nacional nas áreas da robótica e da inteligência artificial. Esta iniciativa resulta do trabalho de um grupo de professores do Instituto Superior Técnico e de investigadores do Instituto de Sistemas e Robótica desse estabelecimento de ensino superior.



Foi nesse sentido que o ex-Ministério da Ciência e da Tecnologia - organismo que patrocionou a candidatura - lançou dois concursos públicos, um para atrair mais investigadores nacionais em robótica e outro para sensibilizar os mais jovens para esta ciência.



No caso de a candidatura nacional ser aceite, o campeonato mundial de futebol robótico irá realizar-se entre 27 de Junho e 3 de Julho no Parque das Nações, em Lisboa, período que coincidindo com o Euro 2004. Por sua vez, o RoboCup Júnior realizar-se-á em Guimarães, no novo Pavilhão Multiusos da cidade.



Para além de servir para pôr robôs a jogar futebol, como no RoboCup, a investigação em robótica tem também muitas outras aplicações, como é o caso da monitorização de tráfego ou fogos florestais, da busca e salvamento de feridos e desaparecidos em caso de catástrofes, ou até do programa preparatório da Agência Espacial Europeia para colocar homens em Marte em 2020.



Portugal classificou-se há dois anos em primeiro lugar na competição, na modalidade de simulação, e na RoboCup 2001, em Seattle, EUA, conquistou o terceiro lugar na mesma categoria.



Notícias Relacionadas:

2002-04-24 - Festival Nacional de Robótica tem início hoje em Aveiro

2002-04-04 - Universidade de Aveiro promove Festival Nacional de Robótica

2002-01-30 - Portugal apresenta candidatura para a realização do RoboCup 2004

2001-08-09 - Futebol no RoboCup 2001 mostra capacidades de inteligência artificial

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.