Mesmo que o aviso de compra lançado pela Nokia à Symbian, nove empresas da área de tecnologia e telecomunicações anunciaram hoje a adesão à Fundação Symbian, juntando-se a outras companhias que já participavam nesta organização sem fins lucrativos.

A Opera, Sharp e a coreana KTF estão na lista de novos aderentes, ganhando pela entrada neste clube o acesso grátis ao software desenvolvido na Fundação. Desde Junho, altura em que foi anunciada a criação da Fundação a par com a proposta da Nokia de comprar a empresa britânica, quatro dezenas de empresas adeririam à organização sem fins lucrativos.

O sistema operativo Symbian é ainda um dos mais utilizados nos telemóveis em todo o mundo, mas está a ser ameaçado pelo crescimento da plataforma da Microsoft - Windows Mobile - e pelo android, suportado pela Google, assim como pelo sistema do iPhone.

A Fundação pretende agora desenvolver uma plataforma open-source, juntando fabricantes de terminais, operadores de rede e de componentes e reconquistando a liderança nesta área. Para o próximo ano está prometido o primeiro pacote de software unificado e em Junho de 2010 deverá ser lançada uma plataforma totalmente renovada.

Notícias Relacionadas:
2008-06-24 - Nokia adquire totalidade da Symbian por 264 milhões de euros

2006-11-20 - Sistema operativo Symbian está presente em 100 milhões de smartphones

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.