Cinco anos depois do lançamento da linha de computadores portáteis Vaio, a Sony introduz em Portugal os primeiros modelos, anunciados hoje oficialmente pela empresa. Ainda ontem a companhia comunicou a nível global a introdução de novos modelos e o reforço da marca Vaio, que agora assume maior preponderância na área de portáteis, deixando cair a designação Sony.



Em Portugal numa primeira fase vão ser comercializadas apenas a série A e S dos Vaio, mas gradualmente poderão ser introduzidos novos modelos, explicou em conferência de imprensa José Alberto Quintã, director-geral da Sony Portugal. "Este é um negócio que requer aprendizagem, onde queremos entrar com cautela", confessou.



O director geral da Sony Portugal reforçou que este é o lançamento de uma gama que era muito desejada em Portugal e que já provou noutros mercado o seu potencial, mas não adianta expectativas em termos de vendas. De qualquer forma, a empresa não está a apostar no mercado de volume e sim na diferenciação pela capacidade de integração de soluções multimédia de uma forma fácil e efectiva.



O mercado dos utilizadores individuais é a principal aposta da empresa nesta fase, que seleccionou um conjunto de lojas onde vai vender a linha de portáteis e onde considera ter condições condignas para dar a conhecer aos clientes as soluções proporcionadas.



Tirando partido do seu conhecimento na área de electrónica de consumo, a Sony oferece na linha Vaio soluções multimédia integradas, sobretudo através da Série A onde apresenta ao mercado dois modelo, um com ecrã de 17 polegadas wide e outro com 15 polegadas, com preços recomendados de 2.699 e 1.799 euros, respectivamente.



Na Série S a aposta passa mais pela mobilidade, com um peso mais reduzido, um ecrã mais pequeno e a integração do novo processador Pentium M "Dothan" da Intel, chegando também às lojas com um preço recomendado de 2.699 euros.



Manuel Sá, gestor de produto, afirma que apesar de na Europa a linha de portáteis Vaio ter uma diferença média de preço em relação à concorrência na ordem dos 300 euros, o crescimento de vendas tem sido constante e anda na ordem dos dois dígitos. Este responsável defende ainda que em Portugal a diferença de preços em relação a produtos equivalentes é menor, mas volta a salientar que não é através do preço que a marca se quer diferenciar.



Para já a Sony colocou à venda apenas um dos modelos agora lançados, sendo os restantes dois introduzidos faseadamente até ao final do mês de Junho.

Notícias Relacionadas:

2004-04-02 - Linha VAIO alargada a dispositivos móveis e de entretenimento

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.