A Sony registou uma patente sobre um cartucho de jogo que pode vir a ter um papel na próxima geração de consolas da marca. O hardware, desenhado por Yujin Morisawa, diretor de arte na Sony Interactive Entertainment, foi submetido no Instituto Nacional de Propriedade Industrial do Brasil (INPI) em junho deste ano.

Morisawa é uma das pessoas-chave no que toca ao design de produtos PlayStation e, apesar de ser praticamente impossível que a PS5 tenha um leitor de cartuchos em vez de um leitor de CDs, a verdade é que estes podem ter outro propósito que não levar jogos à consola.

tek cartucho

A IGN sugere que os cartuchos podem servir para transportar a biblioteca de jogos de uma PlayStation para outra. Uma outra hipótese, escreve, seria a de guardar perfis de jogo nestas unidades físicas, de forma a poder transportá-los para casa de um amigo ou familiar para agilizar modos cooperativos locais.

O terceiro cenário é menos entusiasmante: a patente pode não estar relacionada com a PlayStation 5. A Sony pode estar a fazer alguns testes com o design e a ponderar uma nova aposta no mercado das portáteis onde os cartuchos de jogo são comuns.

Uma ideia final é a de que estes cartuchos podem ser apenas um projeto interno sem grande objetivo prático definido, tal como acontece frequentemente com tecnológicas do sector, onde os projetos experimentais são amplamente benéficos para o desenvolvimento de novos produtos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.