A Microsoft comunicou que a próxima versão do seu sistema operativo, que substituirá o Windows Vista que chega ao mercado na segunda metade deste ano, vai receber o nome de Windows Vienna. A empresa recupera assim o hábito de atribuir nomes de cidades a produtos de software.



"Isto não reflecte uma grande mudança para nós, já usámos nomes de cidades por diversas vezes para nomear o nosso software", explica a Microsoft, que justifica o nome Vista como uma forma de designar as cidades ou localizações mais bonitas do mundo, uma espécie de As Vistas que Qualquer um Queria Ter.



Entre os nomes anteriores de cidades a Microsoft usou na década de 80 Sparta, Daytona, Cairo, ou Memphis, que identificaram versões do Windows. Só mais recentemente a empresa decidiu mudar de estratégia e procurar nova inspiração para dar nome ao seu software.



O primeiro exemplo dessa mudança surgiu precisamente com a próxima versão do Windows, logo que esta começou a ser desenvolvida. Nessa altura a Microsoft identificou o sucessor do Vista como Blackcomb, inspirando-se numa estância de Ski canadiana.



Notícias Relacionadas:

2005-07-22 - Longhorn transforma-se em Windows Vista e estreia beta a 3 de Agosto

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.