Depois da Venezuela, Uruguai e Hungria, entre outros, o Magalhães poderá estar de "malas aviadas" para a Suécia. Uma comitiva composta por responsáveis máximos da Educação de várias regiões do país esteve recentemente de visita às instalações da JP Sá Couto com o objectivo de ficarem a conhecer melhor o projecto.

"Referência mundial, a Suécia é um dos países mais desenvolvidos na área da Educação. O interesse demonstrado pelo Projecto Magalhães e pela sua implementação é mais uma prova do reconhecimento internacional desta iniciativa", refere em comunicado a empresa portuguesa.

Segundo a JP Sá Couto, a comitiva composta pelos responsáveis máximos da Educação das regiões de Gotenburgo, Karlshamn, Ale e Atea assistiu a uma apresentação sobre a perspectiva industrial dos projectos educacionais e fez uma visita completa à fábrica onde se produzem os portáteis.

Terminada a visita à JP Sá Couto, o grupo foi convidado a ir a uma das escolas da região para ver como o principal objectivo da iniciativa, "a transformação da sociedade através das TI", está a ser implementado.

São vários os países que têm mostrado interesse no Magalhães, com alguns a efectivarem esse interesse. Argentina, Venezuela, Uruguai e Hungria são alguns dos países onde a JP Sá Couto marca presença em projectos na área da educação com o portátil. A Líbia foi um dos mercados de destino mais recentes para o computador feito à medida dos mais pequenos.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.