Considerado um formato standard para a troca de documentos desde os anos 90, o PDF da Adobe apresenta múltiplas vantagens para quem quer trocar informação com a garantia de que esta não é alterada, copiada e mesmo impressa. A difusão gratuita do Adobe Reader, a aplicação que permite a leitura de documentos PDF em qualquer sistema também ajudou à popularização do formato, que é hoje usado por muitas empresas e indivíduos.

Porém, criar um ficheiro PDF já não é tão simples. A Adobe manteve a venda do Acrobat, a aplicação que permite a criação e alteração de documentos PDF, o que fez com que muitos utilizadores começassem a procurar outras alternativas gratuitas ou mais baratas para gerar ficheiros com este formato.

Recentemente a Adobe decidiu porém lançar um serviço web que permite converter diversos tipos de documentos em PDF directamente no site, ou adicionar a aplicação como uma impressora virtual no PC. O serviço tem um valor de subscrição de 9,99 dólares por mês (cerca de 6,35 euros) mas só para os Estados Unidos e Canadá. Todos os utilizadores podem porém experimentar gratuitamente o serviço, mas com o limite de 5 ficheiros e exigência de registo.

http://imgs.sapo.pt/gfx/448852.gif

Outras opções de conversão gratuita são as disponibilizadas pelo OpenOffice.org, que integra a possibilidade de exportar ficheiros em PDF. Também nas aplicações do Microsoft Office 2007 é possível fazer a mesma exportação, mas esta funcionalidade não está integrada no pacote de software original e exige a instalação de um plug in, disponível para utilizadores com licenças genuínas neste site.

Também o pacote de aplicações de produtividade do Google, o Google Docs, permite gravar ficheiros em PDF, com a vantagem de ser acessível via web em qualquer computador. Aqui pode abrir ficheiros de diferentes proveniências (mas não PDF) e guardá-los como PDF. A única exigência é ter uma conta activa no Google.

http://imgs.sapo.pt/gfx/448853.gif

Existem depois múltiplas aplicações das quais pode fazer download para instalar impressoras de PDF no seu sistema, que podem ser usadas a partir de qualquer aplicação, bastando seleccionar a opção de impressão e escolher depois a sua impressora PDF. É o caso do PDFCreator, uma aplicação open source son licença GNU que pode ser descarregada gratuitamente e que corre em todas as versões do Windows de 32 bits, desde o Windows 95 ao XP, mas ainda não no Vista.

Entre as opções pagas há ainda o pdfFactory que custa 49,9 dólares na versão simples e 99,95 dólares na versão Pro, mas com tantas opções grátis é mesmo preciso ponderar se vale a pena pagar para ter o pdfFactory.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.