A Sun apresenta hoje detalhes de um programa que permitirá aos seus clientes usarem os data centers da empresa e a sua capacidade de supercomputação, pagando apenas a capacidade utilizada. Adoptando uma política de preço que a empresa considera diferenciadora face a outros programas de aluguer de capacidade, a Sun propõe-se a cobrar 1 dólar por cada hora de utilização de um processador.



Este Secure N1 Grid oferece acesso a servidores equipados com processadores UltraSparc ou Opteron, da AMD, admitiu à C|Net Terry Erdle, vice-presidente para a área de marketing da Sun, e junta-se a um outro programa semelhante lançado em Junho que vendia acesso à linha de servidores de topo da série 9900. No mesmo evento, a Sun deverá acrescentar a este primeiro programa o acesso ao seu novo sistema de storage StorEdge 6920, praticando em todos os casos preços mais reduzidos e baseados na capacidade contratada pelos clientes.



Ainda assim, Terry Erdle considera que as várias modalidades estão muito vocacionadas para a contratualização de pequenas capacidades, pelo que a empresa está a prever lançar posteriormente um outro programa a que deverá chamar Sun Utility Computing for Grid e que será mais caro, mas mais completo com um maior leque de serviços garantidos pela Sun e por vários parceiros especializados, adiantou o mesmo responsável.



A estratégia da Sun nesta área não é uma novidade, tendo já sido posta em prática por concorrentes como a HP ou a IBM. A primeira tem um programa de aluguer de capacidade de computação dirigido aos clientes da indústria de entretenimento, enquanto a IBM tem um programa semelhante dirigido aos clientes na área do petróleo e do gás.



O programa de aluguer será hoje apresentado numa conferência de imprensa em Nova Iorque onde vários clientes empresarias irão testemunhar sobre experiências em curso à nova versão do sistema operativo da Sun, o Solaris 10.



Neste evento a Sun serão ainda apresentados dois servidores Unix, baseados nos processadores Ultrasparc IV e novos equipamentos de rede relevantes para aumentar a segurança dos sites. O V490 vem equipado com 2 processadores UltraSparc IV de 1,05 GHz, 8 GB de memória e dois discos de 73 GB.


O V890 conta com oito processadores 1,2 GHz, 32 GB de memória e seis discos de 73 GB. O primeiro dos dois servidores custa 30.995 dólares, enquanto o segundo vai custar 123.995 dólares.



Notícias Relacionadas:

2002-07-03 - IBM expande conceito de e-Business on demand com serviços Linux virtuais

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.