A Associação Portuguesa de Software (ASSOFT) comunicou que entre 1994 e 2005 a o Estado perdeu 91,5 milhões de euros em IVA devido à utilização ilegal de programas informáticos. A notícia avançada pelo Jornal de Negócios indica que em 2005 ficaram por cobrar 17,47 milhões de euros em IVA.



No ano passado a associação revelou diversos dados referentes a 2005 e mencionou que alguns tribunais já começam a aplicar algumas condenações nesta área. Mesmo assim, Manuel Cerqueira, presidente da ASSOFT, referiu que actualmente 55 por cento do software utilizado pelas pequenas e médias empresas nacionais é ilegal.



Na mesma altura, o responsável comentou um estudo da BSA - Business Software Alliance à IDC mencionando que se a utilização de software pirateado em Portugal reduzisse 10 por cento as receitas fiscais do país aumentariam 45 milhões de euros.



O presidente da ASSOFT adiantou ainda que "esta mesma redução poderia resultar num acréscimo de 375 milhões de euros para a economia portuguesa".




Notícias Relacionadas:

2006-03-08 - Acções anti-pirataria aumentam 50% em Portugal

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.