A Microsoft publicou dois anúncios de vagas de trabalho que confirmam a existência do projeto Blue, um alegado modelo de atualizações anuais que a empresa de Redmond quer aplicar ao ecossistema de serviços Windows. Para já só as versões do sistema operativo para computadores e para telemóveis têm desenvolvimento confirmado.

Foram as primeiras referências oficiais ao projeto que tem estado envolto em especulação. Na página de carreiras da Microsoft, a tecnológica norte-americana teve uma vaga para um engenheiro de desenvolvimento de software para se juntar à equipa Windows Core Experience, que funciona dentro do Windows Sustained Engineering.

Segundo a descrição de emprego, esta equipa está responsável pelo desenvolvimento do novo interface do Windows para PC, que representa a maior parte do que os clientes "tocam e veem". Entre os elementos que devem ser atualizados com a chegada do Blue estão o ecrã de início de sessão, o ciclo de vida das aplicações e a personalização do sistema.

"O Windows Blue promete construir e melhorar estes aspetos do sistema operativo", era a frase que fazia referência ao projeto.

Relativamente ao Windows Phone, o anúncio de trabalho pedia um programador com experiência para integrar a equipa do Office e desenvolver uma aplicação do Excel com qualidade para o Windows Phone Blue.

Divulgados pelo The Verge, atualmente os dois anúncios de trabalho já não estão disponíveis, ou porque foram ocupados ou porque foram retirados. Tinham sido colocados online no dia 15 de fevereiro.

Como o TeK já tinha adiantado, o Blue é um suposto projeto de atualizações que pode ir além dos sistemas operativos para computadores e smartphones. Todos os outros serviços e aplicações nucleares da Microsoft, como os Windows Servers, o Internet Explorer e o Office, podem também passar a receber atualizações anuais.


Escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.