Depois de várias datas avançadas para a disponibilização das versões portuguesas do Windows Vista e do Office 2007 a Microsoft Portugal confirma agora que os principais retalhistas nacionais recebem os pacotes a partir de 16 de Março. O TeK tinha antecipado já na sexta feira passada a informação de que a Microsoft iria avançar hoje com a data de colocação nas lojas dos novos pacotes.

Os preços são iguais aos das versões inglesas, que já estão à venda desde 30 de Janeiro, mas só estão disponíveis as versões Windows Vista Home Premium e Ultimate, em pacote de upgrade e edição completa. Os preços são de 269 euros para a actualização para o Vista Home Premium e 439 para o Vista Ultimate, enquanto as versões completas custam 399 e 699 euros, respectivamente.

Para o Office a filosofia é a mesma, com o pacote Casa e Estudante a custar 189 euros, em versão integral, e o Office Ultimate no extremo oposto com um custo de 999 euros na versão completa e 849 euros na versão de actualização.

O software estava já disponível em língua portuguesa mas só para os utilizadores que adquirissem um computador novo, e assim o desejassem. Estas versões OEM (instaladas pelos fabricantes de computadores) ficaram à disposição dos fabricantes ainda em meados de Janeiro de forma a permitir a disponibilização em computadores logo no dia do lançamento oficial do sistema operativo e do pacote de produtividade, a 30 de Janeiro.

A Microsoft estima que as instalações das versões portuguesas do novo sistema operativo e do pacote de produtividade para o mercado de consumo possam atingir os 90 por cento do total de instalações.

Notícias Relacionadas:

2007-03-02 - Adesão ao Windows Vista abaixo das expectativas iniciais

2007-01-24 - Microsoft aposta nas versões Vista Home Premium e Ultimate para o mercado nacional

2007-01-15 - RTM do Vista em português distribuído esta semana

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.