A discussão ontem à tarde da norma proposta pela Microsoft para os documentos estruturados, o OpenXML, esteve envolta em polémica quando seis entidades que manifestaram interesse em integrar a comissão técnica e participar na decisão do sentido de voto português não tiveram espaço na sala do Instituto de Informática reservada para a discussão.




De acordo com o definido pela comissão técnica na reunião que precedeu a da votação ontem à tarde podiam vir a integrar este corpo de discussão membros de empresas ou entidades com interesses nesta área, que manifestassem a sua vontade junto de um dos membros da comissão técnica. Este membro colocaria posteriormente a proposta à consideração dos restantes que decidiriam se aceitavam ou não.




Participantes e proponentes ouvidos pelo TeK revelaram no entanto que nem todas as empresas tiveram espaço neste fórum de discussão por alegadas limitações de espaço da sala, entre estas a IBM ou SUN - uma das promotoras do OpenDocumentFormat, já normalizado pela ISO.



Para além disto, a votação acabou por não acontecer já que os membros votantes da CT decidiram que a decisão era prematura e aprovaram a sua passagem para uma nova reunião que irá decorrer no próximo dia 31 de Julho.




Paulo Vilela da Sun, uma das empresas que ficaram excluídas da sessão de ontem, disse ao TeK admitir "que o Instituto de Informática quisesse a certa altura "fechar a porta" às inscrições na Comissão Técnica", mas acrescenta que "excluindo a Sun Microsystems e a IBM está a excluir, à excepção da Microsoft, as empresas mais relevantes em todo este processo de Normalização de Documentos".




Para o responsável "o processo da criação desta Comissão Técnica de Linguagem de Descrição de Documentos tem sido complicado", já que desde o início obedeceu a critérios pouco claros para a formação da CT. Paulo Vilela recorda que as regras portuguesas para a criação das Comissões Técnicas de Normalização referem a necessidade de formar uma "CT com representatividade suficiente para que se possa considerar o resultado do seu trabalho com traduzindo o consenso nacional".




Com este objectivo devem ser convidados a participar na CT associações de industriais ou prestadores de serviços; associações de comerciantes/armazenistas/importadores; associações de consumidores e utilizadores; associações de profissionais; organismos da administração pública mais ligados com o âmbito de actividade e empresas, quando for considerado conveniente. Regras que não vê cumpridas com a selecção das primeiras oito entidades escolhidas para integrar a CT.




Na sequência do anúncio de criação da CT mostraram interesse em integrar o processo 18 novas entidades, das quais 12 foram admitidas e seis ficaram de fora. Defende Paulo Vilela que o Instituto de Informática e o Instituto Português de Qualidade terão sido surpreendidos pelo interesse neste Comité Técnico de Normalização, embora não acate com normalidade a decisão de barrar a entrada a alguns dos interessados já que foi "informado que surgiram mais pessoas na reunião e foram aceites como "especialistas" (sem direito a voto). Portanto, fisicamente haveria lugar".




A Sun, que está disponível para integrar a nova reunião da CT, apela a um maior debate sobre a questão da adopção de normas e plataformas de interoperabilidade. A empresa adianta que já tentou sensibilizar organismos como a UMIC e a CNEL/Plano Tecnológico para o tema, mas sem resultados práticos.




Nota de redacção: A notícia foi actualizada com declarações de Paulo Vilela, Account Manager da Sun em Portugal. A notícia foi também alterada na referência ao motivo que levou ao adiamento do voto. Ao contrário do que indicavam as primeiras informações a que tivemos acesso, a votação foi adiada por se considerar necessário mais tempo de discussão.




Cristina A. Ferreira

Notícias Relacionadas:

2007-07-14 - Vítor Domingos, co-fundador da 7Syntax - "Opinião: ISO 26300: Formato Aberto de Documentos para Aplicações de Escritório"

2007-07-13 - Rui Seabra, vice-presidente da ANSOL - "Opinião: Porque me oponho ao OOXML?
"



2007-07-12 - Gustavo Homem, director técnico da Angulo Sólido - "Microsoft 1 - Interesse Nacional 0"



2007-07-11 - Portugal vota segunda-feira norma proposta pela Microsoft para documentos Office

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.