Chama-se Verse by Verse e é um sistema que gera poemas ao estilo de outros poetas. A ferramenta, potenciada por inteligência artificial, pode ser inspirada pelo estilo de três artistas, em simultâneo, que o utilizador tem de escolher de uma lista pré-definida. Dela constam nomes como Ralph Waldo Emerson, Edgar Allan Poe, Emily Dickinson ou Phillis Weatley.

O utilizador pode ainda escolher uma estrutura para o poema, ajustando o esquema rimático e o número de sílabas por verso. Depois, basta escrever a primeira linha - as seguintes são sugeridas pela IA, sendo que pode ir construindo o seu poema à medida que vai escolhendo os versos das listas de opções que vão sendo apresentadas.

google poeta

Para uma experiência inteiramente personalizada, pode também solicitar novas sugestões e ajustar as que lhe são dadas. A Google explica que o Verse by Verse serve para inspirar os utilizadores e não para escrever poemas inteiros por si só.

Para construir esta ferramenta, a gigante tecnológica alimentou a IA com uma larga coleção de poesia clássica. Depois, os algoritmos foram afinados de acordo com a obra de cada poeta para que os outputs correspondessem ao estilo de cada um deles. "O sistema foi treinado para entender, semanticamente, que verso melhor dá sequência ao anterior. Isto significa que a IA vai tentar acompanhar a sua escrita, mesmo que queira escrever sobre tópicos que normalmente estão arredados da poesia", explicou, num post feito no blog oficial da Google, Dave Uthus, um dos engenheiros responsáveis pela plataforma.

O Verse by Verse só está disponível em inglês, pelo que poetas de língua portuguesa não vão aparecer nas sugestões. Mesmo assim, experimente também construir o seu poema.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.