A partir de hoje as empresas que escolham a Internet para realizar actos de registo comercial vão beneficiar de preços reduzidos, face à alternativa tradicional presencial nas conservatórias.



A mesma redução de preços entra em vigor para a constituição online de sociedades, sempre que esta resulte da utilização de um pacote pré-aprovado (no que se refere ao nome da empresa).



De acordo com o Decreto-lei hoje publicado em Diário da República quando realizadas pela Internet este tipo de operações passam a custar cerca de metade do valor praticado nas conservatórias.



Por exemplo, constituir online uma sociedade deixa de custar 360 euros (mais imposto de selo), para passar a custar 180 euros. Da mesma forma o registo de nomeação de órgãos sociais custa na conservatória 150 euros e online passa a custar 75 euros.



A realização online destes actos pode ser feita no site da Empresa Online que concentra os serviços empresariais já disponibilizados através do canal Internet.



Notícias Relacionadas:

2007-07-10 - Justiça disponibiliza 13 novos serviços online para empresas

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.