A Google acaba de atualizar o algoritmo de pesquisa do seu motor de busca para dar mais prioridade às notícias originais. De acordo com Richard Gingras, vice-presidente para a divisão informativa da empresa, esta alteração vai trazer ao de cima a origem de uma história, mesmo quando esta já se encontra difundida por vários meios de comunicação.

Esta decisão pode vir a alavancar os números dos portais noticiosos de dimensão local e daqueles que dão maior importância à investigação para apresentar histórias que fogem ao circuito informativo mais popular. Hoje, quando um grande meio de comunicação publica uma notícia sobre um tema atual, essa versão tende a sobrepor-se às publicadas por portais de menor dimensão, mesmo que estas sejam as originais.

A Google está preocupada com as fake news nas eleições e tem novas ferramentas de verificação
A Google está preocupada com as fake news nas eleições e tem novas ferramentas de verificação
Ver artigo

A Google justifica esta mudança com o facto de as notícias originais, regra geral, incluírem descrições detalhadas das fontes de informação, tal como dos métodos utilizados para recolher testemunhos.

Apesar da mudança de algoritmo, a empresa promete continuar a ter em conta a reputação do meio que destaca, seja com base no histórico recente, seja com base no "currículo" do próprio meio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.